nova
Notícias

12 milhões para construir 330 estúdios em Carcavelos

A marca Smart Studios prepara-se para investir 12 milhões de euros na construção de 330 estúdios para arrendamento em Carcavelos com o objetivo de beneficiar com a procura decorrente do novo polo da Universidade Nova que está a nascer nesta localidade. A obra deverá estar concluída no próximo ano.

Com o novo projeto, a marca da sociedade imobiliária KKR, de Ricardo Kendall, o fundador da rede de oficinas Midas, quer chegar aos mil apartamentos de pequenas dimensões e tornar-se líder neste segmento do mercado de arrendamento.

Este é o sexto empreendimento da marca para arrendamento que se lançou em Coimbra com a reabilitação de um edifícios de 40 estúdios próximo dos hospitais e da universidade e que já funcionava de acordo com um modelo próximo do idealizado pelo empresário.

O êxito da operação em Coimbra incentivou a Smart Studios a lançar-se na conquista de Lisboa, com um projeto em Campolide que reabilitou um edifício municipal para acolher 29 pequenos apartamentos.

Seguiu-se a recuperação de um bairro fabril e de três prédios na Ajuda, cujas obras estão atualmente em curso, representando um investimento de 3,2 milhões de euros e que colocarão 90 estúdios no mercado do arrendamento.

No final do ano passado, a KKR adquiriu um antigo palacete nas Laranjeiras que tinha sido transformado em hostel, mas que nunca tinha chegado a funcionar. Após a adaptação das instalações, a empresa colocou 53 estúdios no mercado de arrendamento.

Outro investimento da marca foi realizado em Alcântara, próximo do novo hospital da CUF, que está em início de reabilitação e que acolherá treze apartamentos T1 e outros treze T0.

O empreendimento de Carcavelos será o primeiro a ser construído de raiz e prevê a construção de 300 apartamentos com cerca de 15 metros quadrados, incorporando casa de banho e kitchenette. O mercado-alvo é o das pessoas que vivem sozinhas ou que estão de passagem, sendo o ideal para estudantes que procuram alojamento junto às universidades que frequentam e que se deparam com uma escassez de oferta adequada.

Com este projeto, a Smart Studios deverá chegar ao fim de 2018 com 650 estúdios em exploração no mercado do arrendamento, mais próximo da meta dos mil apartamentos até 2020.

A estratégia de Ricardo Kendall para criar volume e consolidar a marca é “concentrar esforços em Lisboa por ser mais rentável e evitar a dispersão geográfica”. Uma lição que aprendeu com o negócio da rede Midas e com várias outras empresas que desenvolveu em Portugal, como a Accessorize ou a Mr. Blue.

A Sociedade KKR nasceu após Kendall ter vendido 14 das suas empresas e quando procurava um novo segmento de mercado para investir. A escassez de oferta de micro apartamentos para arrendamento de curta duração levou-a a optar por aplicar o dinheiro neste setor.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *