Melhorias

8 dicas para poupar nas contas da casa

ahorro

Poupar nas contas de casa é essencial para quem arrenda imóveis. Principalmente quando o arrendamento já inclui as despesas ou parte delas. Por isso, não só é importante saber economizar, mas também saber ensinar os seus inquilinos a poupar. Além de reduzir despesas, irá ainda ajudar a preservar o ambiente!

Veja as oito dicas que separamos para que comece a poupar ainda hoje em pequenos gestos do cotidiano. Mudando alguns hábitos que nem faz ideia que tem, pode diminuir (e muito!) seu consumo de eletricidade, água e gás. Saiba como:

  1. Não desperdice água

As tarifas de água vêm subindo desde 2014. Em alguns municípios, com a tarifa progressiva, o consumidor poderá ver a sua fatura da água subir até 57 cêntimos em cada ano até 2020. Por isso, cada gota conta. Lembre-se de fechar a torneira enquanto escova os dentes. Opte pelas máquinas económicas de lavagem de louça e só ligue após ter o aparelho completamente cheio. Evite usar muita água corrente, deixe as coisas muito sujas de molho em água; assim desperdiça menos.

Pode re-aproveitar também a água do cozimento da comida! A água do cozimento da massa por exemplo pode ser utilizada para fazer sopa, assim como a água do cozimento de carnes. Já a água do cozimento de alguns legumes pode ser re-utilizada para fazer esparguete, arroz, entre outros.

  1. Utilize eletrodomésticos nos horários de taxa reduzida

Não é por acaso que as companhias de energia dispõem de períodos em que a taxa de consumo é mais barata. Geralmente são horários à noite, madrugada ou cedo pela manhã, perfeitos para lavar roupa, ligar a máquina de lavar louça e outros utensílios que necessitem de um longo tempo ligados à corrente.

  1. Desligue tudo da tomada

Todos os eletrodomésticos que não estiverem a ser utilizados de momento devem permanecer desconectados da corrente. Por mais que pareçam desligados, podem estar a consumir energia.

  1. Procure lâmpadas de baixo consumo

Além de serem mais económicas, são benéficas para o meio ambiente e para a sua saúde. Com elas, a longo prazo, pode diminuir o consumo habitual pela metade. Fique atento e opte por luzes fluorescentes em vez de incandescentes.

  1. Escolha bons sistemas de ventilação e aquecimento

Pode parecer caro de início, no entanto, sistemas mais evoluídos de aquecimento e refrigeração reduzem imenso o gasto de energia. Painéis solares, por exemplo, são feitos de energia limpa, não poluente e têm gasto apenas de instalação. Ventiladores, aparelhos de ar condicionado e aquecedores são inimigos da natureza e do seu bolso.

  1. Troque máquinas de secagem de roupa por estendal

Há sol e vento lá fora. Além de poupar energia, secar a roupa ao ar livre evita a sua deterioração. As máquinas de secagem desgastam os tecidos, podem encolher as roupas e ocupam espaço na sua casa, enquanto que os estendais são desmontáveis e podem ser levados consigo mais facilmente para qualquer lugar.

  1. Compre eletrodomésticos A++

Frigoríficos e fornos elétricos têm consumo elevado. Se conseguir optar pelos de classificação A++, verá diferença nas contas no fim de cada mês. Evite também utilizar o frigorífico no máximo da sua capacidade. Escolha frutas e legumes da época, não cozinhe alimentos demais e evite consumo de alimentos congelados. Sua saúde também agradece.

  1. Poupe na botija

Se ainda usa gás de botija, saiba que a Deco criou um portal para que encontre sempre a botija mais barata perto de si.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *