Investimento

Arrendar mobilado ou não mobilado?

arrendar quarto mobilado

Atualmente, devido à conjuntura económica no nosso país, inúmeras pessoas optam pelo arrendamento de um imóvel (mobilado ou não), pondo de parte a hipótese da compra. A cada vez mais difícil aprovação do crédito bancário e a incerteza face ao futuro tornam cada vez mais frequente arrendar uma casa, comparativamente ao que acontecia em anos anteriores. Existem igualmente situações em que o arrendamento se torna a hipótese mais viável, como no caso dos estudantes e dos profissionais deslocados da sua área de residência. E qual será a escolha mais acertada, arrendar um imóvel sem mobília, ou mobilado? Vamos analisar cada uma das opções, de modo a facilitar a tomada de decisão.

As vantagens e inconvenientes numa situação de arrendamento

Qual será a melhor solução para o seu caso? Existem diversos fatores a ter em conta ao arrendar o seu imóvel. Se adquiriu uma casa  nova e a mobilou também, agora possui mobiliário que não tem onde colocar. Nesta situação é mais vantajoso ganhar mais algum dinheiro no arrendamento mensal, mantendo a casa tal como está. Existem diversas pessoas que optam por um arrendamento de habitações prontas a usar, como é o caso de um estudante ou trabalhador colocado numa localidade distante da sua área de residência. Por vezes nestes casos o imóvel já se encontra preparado com todas as condições, ou seja, mobilada e equipada, muitas vezes já com as despesas de água, luz, gás e internet incluídas no valor da renda.

Na Uniplaces, por exemplo, para melhor servir os vários estudantes Portugueses e de todo o mundo que compõe grande parte dos nossos utilizadores, só se aceitam apartamentos mobilados.

O principal aspeto positivo de um apartamento mobilado é que tem maior procura. No caso de um alojamento temporário de curta ou média duração, torna-se impensável para o arrendatário comprar móveis e equipamentos de cozinha. Ao mesmo tempo, hoje em dia, graças ao IKEA e a outras alternativas, mobilar um apartamento com todos os básicos sai relativamente barato: e os inquilinos estão sempre dispostos a pagar rendas mais altas por um apartamento que já está mobilado. Ou seja: dá para recuperar rápidamente os custos de mobilar um apartamento, e acabar a lucrar com isso. Portanto poderá obter mais lucro, aumentando o valor do arrendamento.

Para quem procura arrendar um imóvel, se não tiver uma previsão concreta sobre quanto tempo irá ficar na habitação, irá decerto optar por uma situação com mobília. No caso de arrendamento de curta duração, por exemplo no caso de alunos de Erasmus que vêm para o nosso país por um período mínimo de uns meses, ou no caso dos estagiários, não irão despender dinheiro a mobilar e equipar uma casa, portanto não se importarão de pagar mais por uma casa com todas as condições. Os únicos inconvenientes de uma habitação mobilada são os possíveis estragos que poderão ocorrer no mobiliário ou equipamento, mas nada que uma caução e o bom senso dos arrendatários não resolva.

Já uma casa não mobilada é ideal, para quem pretende um arrendamento de longa duração. Nesta situação, o valor do arrendamento mensal tende a ser inferior. Quando por exemplo muda de casa e leva consigo a mobília, poderá arrendar a sua segunda habitação sem mobília. Desta forma a sua habitação será mais direcionada para pessoas que pretendem mobilar e equipar a habitação ao seu gosto. Relativamente aos inconvenientes de optar por arrendar uma habitação não mobilada, trata-se ser mais complicado arrendar o imóvel pro períodos inferiores, ou seja, arrendamentos de curta e média duração. Muitos arrendatários preferem usar a sua  própria mobília, proveniente da habitação anterior, apesar dos custos inerentes à mudança, no entanto a configuração da casa permite a utilização do mobiliário como um todo.

Seja qual for a sua escolha, o indispensável é pensar bem e pesar os prós e os contras da sua decisão, quer optando ou por arrendar a sua casa com ou sem mobília. No mercado existem variadíssimas pessoas interessadas em ambas as opções, ou arrendar um imóvel e mobilando-o a seu gosto, ou escolher um imóvel mobilado, personalizando-o de modo a tornar o espaço mais pessoal e aconchegante com os seus pertences, como quadros e fotografias. Fica ao seu critério…

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *