BCE
Notícias

BCE: prestações de casas baixas por mais dois anos

O Presidente do Banco Central Europeu (BCE) Mario Draghi, declarou na quinta-feira (26 outubro) em conferência de imprensa que o programa levado a cabo por aquela instituição financeira designado como quantitative easing “não vai acabar de repente”. O BCE anunciou uma redução para metade nas compras mensais de dívida a partir de janeiro e até ao final de setembro de 2018, passando o volume de aquisições de 60 mil milhões de euros para 30 mil milhões de euros.

Deste modo, com as taxas de juro inalteradas, isto é, taxas de juro aplicáveis às principais operações de refinanciamento em 0%, as Euribor deverão manter-se em níveis negativos até pelo menos o início de 2019. Esta declaração oficial do BCE traduz-se também na continuidade das atuais mensalidades reduzidas no crédito à habitação.

Perigo de bolha imobiliária?

 “Vários membros da zona euro responderam às bolhas emergentes na habitaçāo e no imobiliário com medidas políticas macro-prudenciais,” referiu Vítor Constâncio, vice-presidente do BCE, em Lisboa na passada terça-feira (25 outubro).

Discursando num evento, Constâncio advertiu ainda que os esforços devem ser levados para enfrentar os desafios muito mais a sério, ou, de outra forma, há risco de uma nova crise financeira. Voltando à política monetária expansiva do BCE (quantitative easing), o vice da instituição sediada em Frankfurt reiterou que o BCE continuará a estimular a economia da zona euro, focado na sustentabilidade dos preços, mesmo depois do fim do programa de compras de títulos.

“Há preocupações quanto à possível instabilidade financeira decorrente da evolução do mercado internacional que poderia levar a correções de preços. No entanto, sinais de sobreavaliação geral nos preços dos ativos não estão presentes na zona euro. Há pressões localizadas sobre os preços dos ativos em alguns mercados nacionais da habitação e, em particular, no mercado imobiliário comercial,” afirmou Constâncio.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *