higher-paying tenants
Melhorias

15 formas de poupar nas contas da casa

Poupar nas contas da casa é fundamental para rentabilizar os seus arrendamentos ao máximo. Afinal, as despesas com a casa podem fazer com que um arrendamento acabe por não valer a pena. Manter o arrendamento de quartos exige uma manutenção constante da água, luz e gás. A mudança de padrões de consumo e a adoção de novos hábitos podem ajudar a reduzir este encargo fixo no seu orçamento mensal.

Por isso, nós separamos 15 dicas e atitudes que podem ajudar-lhe a poupar nas contas da casa.

  1. Desligue as luzes

Luzes acesas consomem mais do que parece. Desligue as lâmpadas desnecessárias, substituas por modelos mais económicos e instrua seus inquilinos a fazer um uso consciente. Pode por nos corredores luzes com sensores de movimento que se acendem quando alguém se aproxima. Assim escusa de deixar luzes acesas a noite toda em áreas comuns de uma casa, por exemplo. Reduzir a iluminação pode fazer você poupar até 25%, segundo a Deco.

  1. Opte por paredes claras

As cores claras refletem a luz, reduzindo a necessidade de iluminação artificial. Em cómodos com tons claros as pessoas precisam de menos lâmpadas acesas.

  1. Cortinas pesadas

Além de serem tão eficientes quanto persianas, as cortinas mais pesadas têm outra função que ajuda a poupar nas contas da casa. Com elas, consegue isolar sua morada, mantendo-a quente no inverno e fresca no verão. Assim evita o uso de aparelhos elétricos climatizadores.

  1. Fique atento aos aquecedores

Busque aquecedores económicos e modernos, os mais antigos consomem muito mais energia. Se manter os sistemas regulados também evitará gastos extras. A temperatura ideal no inverno é de 22ºC.

  1. Não deixe nada em stand-by

Os aparelhos, quando em stand-by, continuam consumindo energia. De acordo com o EcoCasa, eles podem ser responsáveis por quase 5% da sua fatura energética anual.

  1. Frigorífico fresquinho

A temperatura do frigorífico é essencial para quem não quer gastar a mais. Para conservar seus alimentos, precisa variar sempre entre 3 e 5 graus. Se colocar o termóstato do seu frigorífico para uma temperatura inferior a 3 graus, vai estar a aumentar o consumo desnecessário de energia.

  1. Menos é mais

Já que falamos do frigorífico, é importante ressaltar que não deve enche-lo demasiado. O forno também. Isso porque estes equipamentos precisam da livre circulação de ar para funcionar corretamente.

  1. Mas se for para lavar roupa ou louça…

As máquinas de roupa e louça devem ser sempre utilizadas com a carga máxima. Desta forma conseguirá poupar água e energia.

  1. Poupa mais se lavar a louça na máquina do que à mão

Muitas pessoas pensam o contrário, mas a verdade é que se lavar sempre a louça na máquina desperdiça 40% menos água.

  1. Deixe o forno fechado

Ficar abrindo e fechando o forno durante o cozimento dos alimentos faz com que gaste o dobro da quantidade normal de gás/eletricidade.

  1. Tenha uma panela de pressão

As panelas de pressão aceleram o processo de confecção dos alimentos. Por isso mesmo, permitem poupar tempo e energia. A Galp no seu site refere que o uso das panelas de pressão permite uma poupança na fatura energética que pode ir até aos 15%.

  1. Faça manutenção das torneiras

Aquela gota que está sempre a pingar pode parecer pouco. No entanto, ao fim de um ano são milhares de litros de água desperdiçada.

  1. Duche com pressão

Quando o banho tem um duche com pressão, as pessoas conseguem fazê-lo mais rapidamente. Com isso, ficam menos tempo no banho.

  1. Desligue o computador

Se não tem por hábito desligar o seu computador durante a noite, saiba que está a desperdiçar energia. Isto porque a opção “suspender” implica que o computador tenha de estar pronto a trabalhar imediatamente depois de ter sido dado o comando.

  1. Utilize mais o micro-ondas

Os dados que constam no guia da Agência de Energia (ADENE) indicam que se os consumidores utilizarem o micro-ondas em vez do forno tradicional o consumo de energia é reduzido em cerca de 60% a 70%.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *