recibo
Legislação e Impostos

O que fazer se o senhorio não passar recibo?

A emissão de recibo de renda recebida é uma obrigação do senhorio, tal como a comunicação do contrato de arrendamentos às finanças. Isto independentemente de o imóvel locado ser um quarto, um apartamento ou uma moradia.

A única coisa que varia é que, de acordo com situações específicas, o senhorio pode não estar obrigado a emitir um recibo eletrónico. Ainda assim, terá sempre de entregar um recibo em papel ao inquilino, da mesma forma que este está obrigado a pagar-lhe a renda.

Se receia que o senhorio não passe recibo ou se já pagou uma renda e não lhe foi entregue o recibo, a primeira coisa que deve fazer é efetuar os pagamentos seguintes através do banco – por transferência bancária ou por depósito numa conta do senhorio. Deste modo ficará com uma prova dos seus pagamentos.

Depois fale com o senhorio e tente perceber se a situação deste não o obriga à emissão de recibos eletrónicos.

O senhorio está dispensado de emitir o recibo de renda eletrónico se os seus rendimentos anuais não forem superiores a duas vezes o Indexante dos Apoios Sociais (IAS). Ou seja, de acordo com o valor do IAS para 2017, o senhorio tem de ter um rendimento inferior a 842,64 euros, o que se traduz numa renda mensal de 70,22 euros, no máximo.

Também estão dispensados desta obrigação, os senhorios com mais de 65 anos ou que não sejam obrigados a ter uma caixa postal eletrónica.

Se for este o caso, o senhorio terá de lhe entregar mensalmente um recibo de renda em papel.

Se este não for o caso, confirme no Portal das Finanças se o senhorio não emitiu mesmo o recibo. Pode dar-se o caso de o recibo estar emitido e de o senhorio apenas não lhe ter remetido a respetiva cópia.

Denunciar a situação

Depois de confirmar que o locador está em incumprimento restam-lhe três opções: dialogar com o senhorio para resolver a situação, cessar o contrato ou denunciar o caso à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).

Através do diálogo poderá desbloquear a situação e perceber a razão pela qual o senhorio não tinha emitido o recibo. Se desbloquear a situação por esta via, lembre-se de que o proprietário do imóvel terá de lhe entregar todos os recibos correspondentes às rendas já pagas.

Se o diálogo não resolver a situação pode cessar o contrato de arrendamento e desocupar o espaço apresentando como causa o incumprimento das obrigações do senhorio.

Independentemente de optar por cessar o contrato ou por se manter no imóvel a aguardar uma resolução pode denunciar a situação à ASAE. Os inspetores desta autoridade procederão a uma inspeção e o senhorio incorre em multas que variam entre os 150 euros e os 3750 euros.

Tenha em consideração que não precisa falar primeiro com o senhorio para apresentar uma denúncia. Esta pode ser a primeira medida a adotar assim que constata que o proprietário do imóvel não lhe entrega nem tem recibos emitidos no Portal das Finanças.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *