menu
Notícias

Mais de 140 imóveis da CGD vão a leilão

Deborah Cattani

No próximo final de semana, mais de 140 imóveis da Caixa Geral de Depósitos (CGD) vão a leilão. O evento será presencial, no sábado, 21, no Porto. Quem estiver interessado em participar, pode comparecer ao Hotel HF Tuela Porto, pelas 15h. Em Lisboa, ocorre a 20ª edição do Salão Imobiliário de Portugal (SIL), no domingo, às 15h.

Os imóveis que estarão disponíveis são de natureza residencial e provenientes de retoma. A CGD realizou um leilão semelhante três meses atrás. Na altura, foram leiloados 62 imóveis, com base de licitação inicial em apenas 10 mil euros.

De acordo com o banco, os imóveis que estarão à disposição no sábado têm características apelativas e são “uma boa oportunidade de investimento, pelo acesso a imóveis com preço a desconto sobre o valor de mercado”.

Só no Porto, irão a leilão 73 casas, sendo que o que tem o valor base de licitação mais alto (190.000 euros) é relativo a uma moradia T5 em Valongo. O evento é realizado em parceira com a UON – Mediação Imobiliária, Lda. Todos os imóveis no Porto podem ser visualizados previamente online através deste link.

Já em Lisboa vão a leilão 74 imóveis no decorrer do SIL. No topo da lista, com um valor base de licitação de 205.000 euros, está uma moradia T5, em Abrantes. O leilão está a cargo da EuroEstates – Mediação Imobiliária, Lda. Todos os imóveis em Lisboa podem ser visualizados previamente online através deste link.

Os imóveis da CGD a leilão podem ser visitados conforme marcação através do telefone 707 24 24 30, ou via pedido de informação/visita na página de detalhe do imóvel.

Como funcionam os leilões de imóveis?

Os leilões de imóveis podem ser presenciais ou online. Nos leilões eletrónicos a lista de imóveis é grande e, para poder licitar um imóvel, precisa pedir uma senha de acesso para o seu NIF.

Participar de um leilão é vantajoso, pois é uma alternativa para comprar e vender imóveis abaixo do preço de mercado. Se for bom em regatear, poderá sempre fazer um bom empreendimento. O ato público é rápido e transparente e permite adquirir uma moradia por até um terço do seu valor original, por exemplo.

Thanks for reading this post

Reset Filters